Contato: (11) 9 7686 4370

Destinos

Costa Rica (Open voucher – 7 noites),

Um país em múltiplos tons de verde


Warning: sizeof(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/venturoviagens/public_html/wp-content/themes/wildcat/single-product/meta.php on line 15

Descrição

* 07 noites de hospedagem, com café da manhã, sendo:
– 01 noite na região de Guanacaste (reserva obrigatória)
– 06 noites nas cidades de sua escolha (vouchers de hotel em aberto)

* Aluguel de automóvel tipo Hyundai Tucson (manual, 4×2) ou similar – categoria SUV Intermediate (não inclui motorista). Incluí seguro básico, SDW e SLI .
Obs. O carro será entregue e devolvido no aeroporto de Libéria (caso seja devolvido em lugar diferente da entrega irá ocorrer um custo adicional pago localmente).

* Cartão de Assistência.

 

De leste a oeste, é possível atravessar a Costa Rica em menos de uma hora de vôo. Deixam-se as praias do Caribe, no litoral Atlântico, para aterrissar nos mais de mil quilômetros de praias do Pacífico. Os tons de azul do tranqüilo mar caribenho dão lugar às muitas ondas que atraem surfistas para o Pacífico costa-riquenho e suas variações de verde. É que a Costa Rica é um país em tons de verde, com mais de 5% da biodiversidade do mundo em seu território, 27% dele protegido em parques e reservas naturais. O sistema de proteção ambiental dotado na Costa Rica é reconhecido como modelo quando o assunto é a gestão do turismo ecológico. Não à toa o destino firma-se cada vez mais como destino dos sonhos dos que apreciam a natureza, praticam ecoturismo ou admiram as práticas responsáveis de preservação.

San Jose

No Vale Central do país, San José e seu entorno abrigam a metade da população da Costa Rica, de aproximadamente quatro milhões de habitantes. Na capital, entretenimento, cultura, excelente gastronomia e muita diversão são garantias para os que gostam da vida urbana, inclusive com boa oferta de shoppings e comércio. Uma visita imperdível é o bairro de El Pueblo, o point mais badalado e procurado por visitantes e moradores. Há mais de 50 bares e restaurantes reunidos, a maioria deles com muita música. Há opções que vão do country norte-americano aos mariachis mexicanos, passando por muita salsa ou rock-pop, ao gosto do cliente.

Fora da cidade, pelo Vale Central, é possível visitar reservas como a La Paz Waterfalls Gardens, com um dos maiores observatórios de borboletas do mundo, além de cinco cachoeiras impressionantes, que dão nome à reserva. A Encantada é a maior, com 37 metros, e não é necessário preparo físico especial para percorrer a trilha de 3,5 quilômetros que leva às cinco cachoeiras, cada uma com seu mirante. Imperdível é a visita ao Parque Nacional Vulcão Poás, também no Vale Central. Para começar, o visitante descobre que vulcões com uma cratera assim, encontrará somente em filmes. Há várias crateras no Poás e o turista é levado diretamente à principal, a maior delas – e uma das maiores do mundo –, com 1,3 quilômetro de diâmetro. Do mirante, avista-se a lagoa verde-clara formada na cratera e a constante fumaça expelida pelo vulcão, ativo. Em volta, lava negra petrificada e pedras em tons de amarelo – do enxofre – e vermelho – do ferro – presentes no vulcão. Um cenário espetacular!

Planicies

Embora o Vulcão Poás seja o mais visitado do país – trata-se do parque nacional mais visitado da Costa Rica – o Vulcão Arenal é o mais famoso. Até 1968 acreditava-se que o Arenal era apenas uma montanha, até que o vulcão entrou em atividade, explodiu e deu origem a três crateras. Ainda assim, o destaque não são suas crateras, mas sim sua forma. O Arenal é um dos vulcões com cone mais perfeito do mundo, atendendo exatamente à imagem que se forma na mente quando pensamos em vulcões. Erupções de lava e emissão de gases são constantes, até hoje, e as visitas são feitas sem oferecer qualquer risco aos visitantes. E esse é, inclusive, um mérito da Costa Rica, que conseguiu colocar sua oferta ecoturística ao alcance de todos, desenvolvendo parques e reservas que não exigem condicionamento físico de atleta de seus visitantes. Talvez por isso o número de turistas por lá não pare de crescer… Ainda nos arredores do Vulcão Arenal, águas termais também atraem visitantes, bem como o lago artificial construído para a geração de hidrelétrica, utilizado para pesca  e esportes náuticos.

Sul

Puerto Jimenez e Playa Dominical

No sul do Pacífico, Puerto Jimenez é uma comunidade pequena, ideal para quem procura destinos exclusivos e com privacidade. É a comunidade mais próxima ao Parque Nacional do Corcovado, área protegida de grande importância, considerado o lugar biologicamente mais rico do planeta, em ranking da revista National Geographic. Tem praias de beleza espetacular, com ondas que atraem surfistas de várias partes do mundo. Playa Dominical segue o mesmo estilo e tem como atrativo adicional a proximidade com as Cataratas de Nauyaca. Também há reservas indígenas na região, com visitas permitidas em algumas delas, como Salite e Ujarrás.

Caribe

Tortuguero, Limón e Puerto Viejo

O Parque Nacional de Tortuguero é um dos pontos altos da viagem à Costa Rica. É, literalmente, um paraíso ecológico, refúgio escolhido por tartarugas e tubarões. Puerto Viejo, por outro lado, é quase mítica. É a terra – ou melhor, praia – da lendária La Salsa Brava, uma onda de seis metros que atrai surfistas de todas as partes para a região. Garantia de agito e diversão é o bar Johnny´Place, assim como a visita à cidade em março, quando ocorre o South Caribbean Music Festival. Limón, uma das sete províncias da Costa Rica, combina praias, montanhas e selva. O Parque de Tortuguero pertence à província e, saindo de San José, é preciso atravessar o Parque Nacional Bráulio Carrillo, outra maravilha do país.

Norte

Tamarindo, Conchal, Hermosa e Guanacaste

O norte do litoral do Pacífico da Costa Rica tem opções para públicos diferentes, com uma coisa em comum: paisagens espetaculares Guanacaste, por exemplo, é a preferida das famílias com crianças, por conta das praias mais tranqüilas e da completa oferta de infraestrutura para turistas. Conchal é a praia dos mergulhadores, um dos endereços de sonhos daqueles que querem explorar a vida submarina. Já Tamarindo é uma daquelas vilas rústicas, mas confortáveis, que os casais que procuram privacidade vão adorar descobrir. Com dois quilômetros de extensão, a Playa Hermosa (outra praia com o nome “linda”, na Costa Rica)
tem nas ilhas Pelonas e Mentosas atrativo a mais.

Monteverde

Fauna e flora diversas são o ponto forte desta região – e de toda a Costa Rica, sem dúvida. Aqui, essa diversidade pode ser conferida de perto pelos visitantes em passeios bem organizados, trilhas e um ecoturismo que prova que o homem pode interferir na natureza de forma positiva, usufruindo dela sem causar destruição. Os visitantes mais aventureiros devem aproveitar para conhecer o “canopy”, uma espécie de “arvorismo radical” inventado pelos costa-riquenhos. No arvorismo praticado no Brasil, caminha-se pela copa das árvores. No canopy costa-riquenho, essa caminhada é feita por tirolesas!

Você sabia que…

… os 51 mil quilômetros quadrados da Costa Rica representam apenas 0,03% do planeta? Mas essa área é tão especial que responde por 5% da biodiversidade da Terra. São mais de 13 mil espécies de plantas, 6,5 mil de borboletas, 163 anfíbios, 220 répteis, 1,6 mil espécies de peixes e 850 aves.

… o prato típico do país é o gallo pinto? Leva arroz, feijão preto e carnes de porco, mas o sabor é bem diferente da feijoada brasileira, apesar da similaridade dos ingredientes. Diferente e delicioso!

… desde 1948 a Costa Rica não tem exército? O país aboliu o exército e concentrou o orçamento público em áreas sociais, como educação e saúde. Em 1987, o ex-presidente da Costa Rica, Oscar Arías, ganhou o Prêmio Nobel da Paz.

… os costa-riquenhos são conhecidos como “ticos”? O “apelido” vem da farta utilização de diminutivos empregado por eles ao falar.

Aeroporto: Aeroporto Int. Juan Santa Maria, a 20 minutos de San José

Capital: San José

Governo: República Presidencialista

População: Cerca de 4,3 milhões de habitantes

Cambio: 1 Dólar Americano equivale a cerca de 500 Colónes

Economia: Estável, depende do turismo, agricultura e exportação de eletrônicos

Moeda: Colón da Costa Rica (US$ 1 equivale a cerca de 495 colones)

Idioma: espanhol

Visto: Não é necessário para brasileiros

Código de telefone: 506

Clima: Tropical e Sub-tropical. Existe uma estação seca de Dez a Abr e uma estação chuvosa de Mai a Nov

Eletricidade: 110V

Informações Turísticas:www.visitcostarica.com

Entre em contato

    Nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Telefone*

    Assunto (obrigatório)

    Mensagem (obrigatório)

    Avaliações

    Não há avaliações ainda.

    Seja o primeiro a avaliar “Costa Rica (Open voucher – 7 noites),”

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *